Oficina de livros artesanais


Trazer para o cotidiano o processo de construção de um livro, por meio de uma investigação sobre dobras, vincos, narrativa e tridimensionalidade em formatos artesanais. Este é o objetivo da oficina Arquitetura dos livros artesanais – dobras e pop ups, promovida pela TABUÃO – Feira de Impressos. A oficina é gratuita e acontece nos dias 28 e 29 de abril, na Biblioteca Pública do Estado da Bahia, nos Barris. É a quarta de uma série de oficinas criativas gratuitas que antecedem a Feira, que acontecerá entre os dias 9 e 12 de junho.

Flávia Bomfim é quem conduz a atividade. Psicóloga e artista visual, Flávia é idealizadora da Movimento Contínuo que é uma editora mas também um conjunto de ações educativas através da arte. Coordena o projeto “Bordar os Sonhos” que coleciona histórias bordadas de mulheres das periferias de Salvador; cidade em que vive. Ministra oficinas de bordado, livros artesanas e gravura, ilustra livros e  organiza o Festival de ilustração e Literatura da Bahia, além de exposições coletivas de ilustração.

Foto: Fernando Vivas


O projeto | Ao longo de quatro meses a TABUÃO vai promover seis oficinas criativas (duas por mês) com conteúdos de encadernação, de diagramação, narrativa, ilustração, serigrafia, gravura, carimbos e design. Um trânsito entre técnicas antigas e novas com o objetivo de mobilizar a produção de impressos criativos na nossa cidade para distribuição e divulgação na Feira. Após o período das oficinas, daremos início à pré-produção da TABUÃO – Feira de Impressos, lançando também a convocatória para que artistas de todo o Brasil se preparem para a feira, realizem as inscrições e comecem a entrar em contato com o universo urbano e gráfico da nossa cidade. A Feira acontece entre 9 e 12 de junho. O projeto tem apoio financeiro do Governo do Estado, através do Fundo de Cultura, Secretaria da Fazenda e Secretaria de Cultura da Bahia.

Os idealizadores | A Sociedade da Prensa e o Movimento Contínuo são dois coletivos formados por artistas baianos. Em abril de 2015, estiveram juntos na realização da 1º Feira de Publicações Independentes, que aconteceu durante o 2º Festival de Literatura e Ilustração da Bahia. A Sociedade da Prensa é um ajuntamento coletivo curioso em soluções gráficas artesanais e técnicas de impressão em atuação na cidade desde 2013. Os artistas Flávio Oliveira, Laura Castro e Tiago Ribeiro compõem esse ajuntamento. A Movimento Contínuo é uma editora criada pela educadora e ilustradora baiana Flávia Bomfim. A Movimento Contínuo dedica-se à publicação de ensaios fotográficos e narrativas ilustradas. Promoveu duas edições do Festival de Ilustração e Literatura da Bahia.

O Tabuão | Tabuão é o nome de uma das ruas do Centro Antigo de Salvador, uma encruzilhada de destinos da velha cidade, fazendo fronteira com o Comércio, o Pelourinho, o Santo Antônio Além do Carmo e a Baixa dos Sapateiros. Por suas ruas e mistérios desta área da cidade velha, um comércio de artigos diversos servindo a um grupo vasto de artesãos, como costureiras, estofadores, sapateiros, entre outros. Na descida do Tabuão, é possível encontrar um rico itinerário de serviços gráficos e compra de papéis. Pequenas grafiquetas, máquinas de fazer carimbo, produtos de papelaria e copiadoras, algumas muito antigas e pouco conhecidas. Este universo é que inspira e nomeia a TABUÃO – Feira de Impressos.


SERVIÇO
O que: Oficina Arquitetura dos livros artesanais – dobras e pop ups
Quando: 28 e 29 de abril (quinta e sexta-feira), 14h às 18h
Onde: Biblioteca Pública do Estado da Bahia, Sala 06 no 3º andar
Inscrições: A oficina é gratuita. São oferecidas 20 vagas. Interessados devem enviar e-mail para 
tabuaofeira@gmail.com.